Racista? Eu?

Racismo Estrutural Coletivo Ecovida

Preto de alma branca, É preto mas é honesto, É preto mas é trabalhador, Dança igual a preto, Ela é preta mas tem traços de branca, Como você lava esse cabelo com tranças?, Prende esse cabelo! Você não é negra é morena,….
Usou ou ouviu alguma dessas frases?
Ahhh você não está só, afinal estamos no Brasil, país cujo a maioria é negra ou descendente mas que parte dela não se vê dessa forma (somente para entrar com pedido de cotas, nessas horas até loiro de olho verde vira pardo rs).

Brincadeiras à parte, já aproveitou o dia para se conscientizar realmente?
Já pensou que nossa nação foi forjada no sangue negro?
Que para sermos livres hoje muitos irmãos foram torturados, mutilados e mortos?
Você vê o negro como igual quando ninguém tá vendo?
Você ainda usa piadas ou frases racistas sem nem perceber?
Quantas vezes viu um negro na rua e segurou mais forte a bolsa?
Ao ouvir uma história de um crime imaginou que o criminoso fosse um negão?
Vivemos um racismo tão estrutural que vemos até negros racista, vê se pode!

Somos apontados, ridicularizados, menosprezados há anos, se for mulher então, multiplique essa conta.

Ontem o Coronel Tadeu (PSL-SP), quebrou uma obra da exposição da Consciência Negra na Câmara dos Deputados que ilustrava a violência policial contra o povo negro. No mesmo dia o também Deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) que havia se incomodado com a mesma Charge um pouco antes disse “Não venha atribuir à Polícia Militar do Rio de Janeiro as mortes porque um negrozinho bandidinho tem que ser perdoado”. Daniel, que por coincidência é aquele que junto com o deputado Rodrigo Amorim quebrou a placa da Marielle (Mulher, Negra e Favelada).

(NOTA) O número de negros mortos pela polícia no Rio cresceu em 2019 chegando a 78,4% (342 de um total de 436) só no primeiro trimestre do ano.
Homem morto enquanto usava a furadeira, outro com guarda chuvas, outro segurando uma esquadria de alumínio… Todos trabalhadores, nenhum criminoso, todos NEGROS.

Hoje, após 324 anos da morte de Zumbi, dois PARLAMENTARES VANDALIZARAM uma obra de arte em uma exposição do dia da CONSCIÊNCIA NEGRA e não contentes deram declarações RACISTAS. Aí vem o coleguinha isentão dizer que temos que ter Consciência Humana e não Negra. Amigo, desde quando a consciência da humanidade incorporou o povo negro? Ai de nós se não fossem os Zumbis da vida, estaríamos nas senzalas até hoje (aliás, é justamente isso que boa parte dos homens de bem desejam).

Não precisa ser negro para ser consciente, tampouco é preciso passar pelos preconceitos diários para ter empatia. Se queremos um mundo melhor devemos contribuir para tal, que absurdos como esse sejam cada dia mais esporádicos e rechaçados pelos brasileiros e que o sonho de vivermos numa sociedade justa e livre de preconceitos seja cada dia mais real.

Viva Dandara dos Palmares, Viva Teodoro Sampaio, Viva Sueli Carneiro, Viva André Rebouças, Viva Milton Santos, Viva Lima Barreto, Viva Carolina Maria de Jesus, Viva Zumbi…!

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *